Dados de Mercado

Predomínio das mulheres nas redes sociais

Se você é novo por aqui, pode nos acompanhar assinando nosso RSS feed. Gratos pela visita!

Mulheres ganham em habitar as redes em números dos homens, porém quem representa maior capacidade de influência?

Merriam-Webster definem influência “como o ato ou poder de produzir um efeito sem a necessidade de força ou o exercício de comando”. Portanto, popularidade traduzida em múmero de seguidores, se afasta da ideia de influenciador. Fica a sugestão de estudo para pesquisadores de gênero em redes sociais.

Veja infográfico do poder feminino:


Pesquisa – Grau de Satisfação dos Serviços nos EUA

A Get Satisfaction, acaba de publicar o Inforgráfico sobre satisfação no atendimento ao cliente nos EUA.

Trazendo dicas sobre os 10 mandamentos para o bom atendimento ao cliente, o estado do serviço ao cliente, grau de satisfação por segmento, listando as piores e melhores empresas.

Mais de 50% dos americanos está insatisfeito com serviços de viagem, seguros, comunicações e vendas. E nenhum dos segmentos ultrapassa 50% de satisfação no item  acima da média.


Pesquisa – Uso do Celular para envio de “SMS”

Um estudo realizado pelo Pew Internet foi lançado recentemente, sobre o comportamento no uso de celular entre adultos americanos.

Neste estudo, determinou-se que 72% dos adultos americanos usuários de celular enviam e recebem mensagens de texto em uma base regular. Enquanto este percentual, é semelhante ao número de adolescentes norte-americanos que enviam e recebem textos (87%), adultos norte-americanos ainda enviar cerca de 1 / 5  o número de texto do que suas contrapartes na adolescência. Uma série de outras descobertas interessantes foram incluídos neste estudo, o mais interessante dos quais estão ilustrados no infográfico abaixo.

Interessante alguns dados:  em número de mensagens de texto por dia, os 52% dos adultos mandam de 1-10, enquanto 29%  dos adolescentes, mandam mais de 101 mensagens diariamente. Clique para ampliar.

Fonte: Flowtown


O Universo das Doações Online – Caridade

A tecnologia tem servido a vários modelos de negócios. Um deles são ONGs ou grupos e mesmo profissionais, que ao prestar serviço a sociadade, angariam fundos aos seus projetos via doações on line.

Acaba de sair um infográfico apresentando dados dimensionando esse mercado. Interessante observar que as doações partem de todas as idades, indicando aí forte engajamento social. O que vem a confirmar o poder revolucionário das mídias sociais e como a Web 2.0 e logo 3.0 /4.0, podem contribuir na construção de um outro mundo, uma outra forma de democracia e quem sabe estrutura social.

Fonte: mashable.com


Social “Me”dia – Qual o futuro das redes sociais?

Apresentamos uma discussão levantada por Brian Solis co-autor do livro Engage!

Há um ditado, “a tecnologia muda, as pessoas não.” No entanto, quando consideramos o impacto da tecnologia no nosso quotidiano, há certas observações superficiais interessantes …

Hoje segurar uma caneta pode parecer estranho e, como tal, a nossa caligrafia está se deteriorando.

Hoje, é cada vez mais comum sentar em uma mesa de jantar com a família e amigos, onde alguns estão ativamente se comunicando com os outros, ouvindo música ou jogos através de dispositivos móveis.

Estamos redefinindo a percepção, fronteiras e limites da privacidade. O futuro da arte de escrever está em risco de se tornar cada vez mais curta e menos formal.

Para alguns, a tecnologia incentiva experiências de imersão e você se vê introvertido em locais públicos, reduzindo a dinâmica natural do ser humano de conversar e fazer amigos. Para contrapor essa tendência, cafés estão se tornando “zona de Wi-Fi gratuita.”

Para outros, as redes sociais online são um bom veículo para converter os introvertidos em extrovertidos digitais, onde estes aumentam sua participação a medida que tornam-se confiantes como respostas, “gostei”, pedidos de amizades e etc.

Para se conectar com outros seres humanos agora ou no futuro, não basta apenas mudar, é preciso evocar um sentimento de Digital darwinismo. O mantra do “Engage or Die!”

As redes sociais são compostas por navegação e clique, conexão e partilha de centenas de milhões de habitantes da Internet em todo o mundo. Enquanto o Facebook é o equivalente digital à sua residência online, o Twitter é o reflexo do “eu” nos meios de comunicação social. Twitter não é uma rede social, é uma série de personalidades disparadamente ligadas pela amizade, admiração, educação e contexto.

Como nós absorvemos e investimos na nossa persona neste paradigma, diz mais sobre o futuro da cultura digital e de nós mesmos do que poderíamos imaginar.

Em recente evento Tech hospedado no KickLabs em San Francisco, co-fundador do Twitter Evan Williams inferiu que o Twitter é realmente uma “cura” para a sobrecarga de informações. Williams compara o Twitter a um meio receptor-driven, onde as pessoas que têm algo a dizer podem agora encontrar e atingir o público certo: “É uma situação muito melhor para quem produz e consome a informação” . Então o consumidor pode dimensionar melhor “em um mundo de informação infinita.”

@ Ev também discutiu o futuro da relevância Tweets e como irá se adaptar aos seus interesses. Ele comparou a experiência a Google, “Google é muito bom em” . Preciso resolver um problema, eu preciso comprar alguma coisa, eu preciso de uma resposta. Twitter é mais “eu estou interessado em muitas coisas, eu não sei o que eu preciso saber.” O que é preciso melhorar em escala o sistema, para que você não tenha que prestar atenção a tudo, mas não perca as coisas que você gosta. ”

O Estado do Egosystem Evolving

Ao longo dos anos, medindo o impacto do Twitter como um meio, difícil e indescritível como os detalhes e os números não provém Twitter em si. Os APIs de terceiros nos ajudou a pintar a paisagem para visualizar a proliferação enorme do que começou como um microblog e mais tarde evoluiu para um complexo sistema de partilha, descoberta, e para expressar nosso monólogo interior. Para ajudar, Williams postou detalhes, estatísticas, e direção do blog Twitter. Como resultado, alguns padrões de uso muito interessante e as taxas de aprovação foram revelados.

Em primeiro lugar, o Twitter oferece mais de 145 milhões de usuários registrados. Em Abril, na sua conferência inaugural, o Twitter anunciou 105 milhões de usuários twitando mais de 65 milhões de vezes por dia. O número de contas ativas no entanto, permanece desconhecida. Agora é possível ao Twitter explicar melhor a sua missão, finalidade e sistema de valores aos consumidores diarimanete, o número só tende a crescer.

Evan Williams também mostrou um relance do ecossistema do Twitter e como os indivíduos se conectam um ao outro. Se o “Web is Dead” usuários do Twitter têm ainda como acompanhar as notícias. Twitter.com e conta m.twitter.com 92% de todos os acessos e comunicação.

Espera-se que as Ciências Sociais revele o futuro das Redes Sociais

A ciência social é o estudo da sociedade humana e as relações sociais e seu papel na evolução do Twitter, redes sociais e o futuro das sociedades on-line é fundamental. Embora o foco é no futuro, devemos também olhar para o passado e o presente de encontrar sentido, propósito e visão para orientar o progresso. Esta rápida evolução exige um estudo a fim de navegar, alterar e definir um plano de ação e quais as formas que queremos de passagem para o futuro.

Como a tecnologia e a internet afetam o comportamento humano e a cultura, entender como chegamos até aqui vai nos ajudar a projetar para onde estamos indo. O futuro da comunicação, dos relacionamentos e da educação está em suas mãos … e no que você faz diariamente nas redes e na prática das suas ações.

Related Posts with Thumbnails

  • Fabebook Zope Twitter Zope Zope Youtube
  • Copyright © 2010-2013 - Zope Mídia Gestão Digital e Eventos LTDA - Av Prefeito Evandro Behr, 4400 - Camobi - Santa Maria, RS || +55 (55) 9128 - 5688 / (51) 8188 - 4487 || .... CNPJ: 12.368.660/0001-09
    iDream theme by Templates Next | Powered by WordPress