Ecommerce

Pesquisa de Gênero: Mulheres nas Redes Sociais

Se você é novo por aqui, pode nos acompanhar assinando nosso RSS feed. Gratos pela visita!

Em abril de 2010, a Nielsen revelou dados que reforçam o comando das mulheres nas redes sociais. Como na Web, as mulheres também são maioria no universo das redes sociais no mercado de moblie.

Mulheres na Web: Como as mulheres estão moldando a Internet

Há 10 anos atrás a comScore reportou que o número de mulheres na Web nos Estados Unidos superava o número de homens. Em 2010 a comScore ainda acha que as mulheres são predominantes e que as redes sociais são o centro de suas experiências online. Na 2010 Blogher Conference, a comScore lançou um novo relatório “sites de redes sociais alcançam uma maior porcentagem de mulheres que homens”.
Se o e-commerce é uma forma de influência, as mulheres dominam. De fato, o relatório revela que as mulheres realizam mais compras online, elas representam 58% do total de gastos online. As mulheres também gastam mais tempo em redes sociais que os homens, numa proporção de 5,5 horas por mês comparada a 3,9 horas.

Segundo o relatório da comScore, as mulheres gastaram uma média de 16,3% do seu tempo online em redes sociais. Em comparação, os homens dedicaram cerca de 11,7%.

A tendência das mulheres em gerar conversação nas redes sociais é global.


Não é casual que empresas destinem suas verbas publicitárias para promover sites, blogs, eventos, promoções direcionadas  ”à elas” – quem tem maior parcela de influência na decisão de compra familiar.

Fonte: [briansolis]


Novo Mundo, Reestruturação Social e Inteligência Artificial

Kevin Kelly, um dos fundadores da revista Wired, em sua palestra para o TED em Los Angeles, 2007, apresenta os objetivos das grandes mentes da tecnologia para a próxima década.

Por Cristina Cavasotto:

Evidencia-se em Kelly, durante a palestra, o entusiasmo de todo o propagador de idéias, os Evangelistas de Tendências e Marcas.

Os pontos marcantes de sua fala, quando se refere a um novo modelo estrutural de mundo e como as relações sociais estão sendo projetadas para o futuro próximo, foram as seguintes:

  • REVERSÃO DE MACLUHAN

“Caminhamos para ao que chamo de Reversão de MacLuhan ”

MacLuhan disse:

” Máquinas são extensões dos sentidos humanos” e no novo mundo, diz Kelly, ” Humanos serão a extensão dos sentidos das máquinas ”

  • REESTRUTURAÇÃO SOCIAL:

O que a web está fazendo é reestruturando. Em outras palavras, classificando tudo por categorias e assuntos via TAG . E modificando a maneira como nos relacionamos com as pessoas e as coisas.

- LINKANDO COMPUTADORES
- LINKANDO PÁGINAS
- CONECTANDO LINKS
- LINKANDO BANCO DE DADOS ( E agora, a diferença é que conseguimos conectar idéias de páginas e assim de assuntos até chegar a idéias de idéias ).
- LINKANDO COISAS ( Estamos criando uma internet das coisas, diz Kelly).

  • SOBRE UMA PESSOA EM PARTICULAR:

“Cada um terá uma ideia sobre a identidade única de uma pessoa. Pois toda a pessoa ou objeto terá algo que será muito específico e conectará a uma representação específica daquela ideia ou objeto”.

  • NÓS SEREMOS DEPENDENTES:

“Para a total personalização, o Novo Mundo precisará de total transparência. Para haver ganhos, precisamos compartilhar”.

O QUE O GOOGLE REALMENTE QUER , É CRIAR UMA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL ( Larry Page)

Portanto, esse Novo Mundo deverá ser:

+ SMARTER ( mais inteligente )

+ PERSONALIZADO

+ UBÍQUO

Kelly nos faz crer que devemos pensar nessa nova máquina ( como chama ), não como a web que conhecemos, mas como um sistema completo. Um organismo mais confiável que suas partes.

Pense, se suas partes não são confiáveis, como o sistema será? O sistema terá a capacidade de análisar e tecer conclusões? Se sim, Kelly que por vezes cita e deixa o assunto da construção de certa “consciência” ( que talvez seja artificial ) de lado, acaba por apontar o próximo estágio desse sistema que nós todos estamos inconscientemente ajudando a construir.


  • FINALIZA DIZENDO O SEGUINTE:

Há apenas uma máquina ( que denomina: UM ) e a Web é o sistema operacional. Todas as telas olharão para dentro desse ” UM “. Nenhum bit viverá fora da web. Devemos compartilhar para ganhar.”

O ” UM ” somos nós e nós estamos no ” UM “.

Veja, nessa última afirmação acaba por deixar claro a dependência dos humanos e a independência do ” UM “.  O que acontece com aqueles que não estão no ” UM “? Com os que não tem acesso ou não estão familiarizados com o mundo digital?

Esse ” Um ” está sendo projetado para estar a serviço de quem? Quem o está construíndo, para que fim? A iniciativa privada determinará como devemos nos relacionar no futuro?

Por fim,  podemos concluir que o ” Um ” vai além de ser uma ferramenta de informação e comunicação. O ” UM ” pretende padronizar as estruturas e formas de conhecimento, educação, relacionamento, comunicação…. uma reestruturação das formas micro e macro econômicas da vida.
“Cada um terá uma ideia sobre a identidade única de uma pessoa. Pois toda a pessoa ou objeto terá algo que será muito específico e conectará a uma representação específica daquela ideia ou objeto”.

Portanto, o ” Um ” talvez esteja sendo modelado para ser “onipresente e onisciente” e talvez saberá mais de nós, que nós mesmos.  Pense nisso…

______

Kevin Kelly foi editor executivo da Wired Magazine e é o “Editor-At-Large” para aquela revista. É o autor do livro “Novas Regras para uma Nova Economia” e um dos mais influentes propagadores da idéia de uma sociedade conectada em rede. Clique  aqui para obter grátis “Out of Control”, o primeiro livro de Kevin Kelly, publicado em 1994.


Redes Sociais: Negócios no Facebook

Veja como o Guiamais, Santander e Privalia planejaram sua presença  no Facebook:

  • Redes Sociais Santander é o primeiro banco a lançar plataforma voltada ao Facebook

A iniciativa faz parte do posicionamento de estimular o diálogo com a sociedade e estar aberto, onde especialistas do banco darão orientação financeira e solução a vários tipos de demandas.

Para ter ideia,  a plataforma permitirá criar um histórico e organizar as perguntas mais recorrentes em blocos de assuntos para facilitar a busca.

Outra maneira de interagir será abrir diálogo com clientes que sejam participantes da rede social e que manifestem a necessidade de solucionar alguma ocorrência bancária. A equipe de atendimento do Santander estará pronta para identificar participantes nessa situação e iniciar uma interação a fim de conhecer e resolver o problema.

  • Twitter e Facebook informam contato de empresas do guiamais.com

Quer usar o Twitter para encontrar um chaveiro, um veterinário, um restaurante tailandês, um salão de beleza, um estúdio de tatuagem e tudo o mais que quiser enviando apenas uma DM (Direct Message)? O GuiaMais.com integra agora sua busca hiperlocal com o miniblog, permitindo que seus usuários façam com precisão suas pesquisas de produtos e serviços em quase 5 mil municípios de todo Brasil, em mais de 5,4 mil segmentos de negócios, simplesmente interagindo com o @guiamais.

Ao começar a seguir o GuiaMais.com, o internauta passa a poder consultar toda sua base de dados diretamente no Twitter. Basta enviar uma DM com as seguintes hash tags: #encontre segmento #local, bairro, cidade, uf, como, por exemplo, #encontre restaurantes #local vila madalena, são paulo, sp. Como resposta, ele receberá 3 DMs: duas com o nome, endereço, telefone e link para anúncio do estabelecimento e outra com um link para a página de anúncios do tema buscado.

  • Privalia começa a vender por meio do Facebook

A Privalia, clube de compras online líder de mercado, sai na frente e será o primeiro outlet virtual a vender por meio do Facebook. Batizada de Fan Shop, a loja virtual começa a funcionar em agosto, exclusivamente para os fãs do clube no site de relacionamento, que poderão usufruir de campanhas exclusivas e comprar antecipadamente produtos de marcas premium com até 70% de desconto.

O Fan Shop inaugura um novo conceito, o social shopping, no qual os usuários podem, além de comprar, interagir entre eles. “Imagine uma vitrine virtual onde você escolhe o que deseja ao mesmo tempo em que pede a opinião de uma amiga sobre um sapato ou uma calça da grife desejada. O conceito social shopping permite que você faça suas compras garantindo sempre a opinião dos amigos, e o melhor de tudo, na comodidade da sua casa”, comenta Thai


Inovação – Ecommerce no facebook – Discussão

Impulsione suas vendas e estenda seu alcance, indo para onde seu clientes estão! Com essa chamada a shopigniter.com, oferece lojas virtuais para facebook e outras redes sociais.

Os argumentos apresentados:

  • Até 25% do tempo das compras online é gasto em um website, como por exemplo: Facebook. Não faz sentido para você fazer com que seu produto esteja disponível para a venda lá também?
  • Nossa plataforma de nova geração baseada em computação nas nuvens permite-lhe criar lojas no Facebook que não comprometem a funcionalidade ou marca, e fazem o melhor uso dos recursos das redes sociais para expandir o seu público e aumentar suas vendas.

Fato é que com dispositivos móveis, produtos e serviços estão onde o cliente está. O grande trabalho dos profissionais de marketing é tornar esses produtos e serviços acessíveis à todos em qualquer momento, criando ambientes que atraiam atenção.

Mas será que lojas virtuais no Facebook não sofrerão a mesma síndrome do ponto cego que os banners na maioria dos websites? Locais que o olho acostuma a não olhar por saber se tratar exclusivamente de propaganda – venda?

No entato, o fator revolucionário é que ONGs e movimentos sociais, poderão apresentar campanhas, captar seguidores, oferecer produtos ecom isso alavancar seus projetos, num único local. Nesse sentido, esse modelo de loja virtual tende a ser inovador e potencialmente revolucionário.

Que venham as lojas no facebook! Vejamos como será a receptividade e conversão.


Entendendo o Novo Consumidor – Geração Y

Infográfico super interessante, baseado na Pew Research, revela dados demográficos dessa nova geração de 18 a 28 anos.

Comportamentos, desejos e características. Estado civil: 21% casados, 4% separados e 75% solteiros. Dizem 52% que a melhor coisa da sua vida é ter uma boa família, 30% desejam ser bem sucedidos no casamento, 21% ajudam outras pessoas… ( By Flowtown)

Related Posts with Thumbnails

  • Fabebook Zope Twitter Zope Zope Youtube
  • Copyright © 2010-2013 - Zope Mídia Gestão Digital e Eventos LTDA - Av Prefeito Evandro Behr, 4400 - Camobi - Santa Maria, RS || +55 (55) 9128 - 5688 / (51) 8188 - 4487 || .... CNPJ: 12.368.660/0001-09
    iDream theme by Templates Next | Powered by WordPress