Se você é novo por aqui, pode nos acompanhar assinando nosso RSS feed. Gratos pela visita!

O que a computação nas nuvens pode fazer pelos produtores rurais?

O gerente de desenvolvimento de negócios da Citrix, Luiz Szente não precisa ir até os EUA para acessar o servidor de sua empresa. Seus instrumentos de trabalho são o pequeno equipamento que gera senhas numéricas, e diferentes, a cada acesso e os dispositivos que tiver à mão. Notebook, desktop, iPad ou até mesmo o iPhone são ferramentas para que Szente acesse seus arquivos e trabalhe onde quer que esteja.

A Citrix trabalha com cloud computing e é responsável atualmente pela prestação de serviços a vários clientes no mundo todo, inclusive no Brasil.

No Brasil, o serviço está presente no mercado financeiro (os clientes não são divulgados, por segurança de estratégia), Tribunal de Justiça de Pernambuco e muitos clientes notáveis como a AMBEV e a cooperativa Cocamar.

Virtualização rural


A cooperativa Cocamar, situada em Maringá (PR), sofria com a manutenção de seus computadores. Sempre era preciso investir em manutenções ou trocas, pois as máquinas ficavam expostas ao recebimento de grãos, o que causava um grande acúmulo de poeira e sujeira. As condições as quais os computadores eram submetidos acabavam atrasando também o recebimento dos grãos, impactando diretamente no negócio da cooperativa.

Apesar do mercado rural ser incomum para a Citrix, que é mais solicitada por empresas urbanas, os serviços foram implantados no final de 2007, com a aquisição de 400 aplicativos. Com a virtualização a Cocamar diminuiu drasticamente os gastos com manutenção de computadores e agilizou o recebimento de safra. “Hoje acessamos através de um terminal, ganhamos agilidade e qualidade de informação”, afirma a assessoria de imprensa da Cocamar.

Fonte:  Citrix

Related Posts with Thumbnails