Se você é novo por aqui, pode nos acompanhar assinando nosso RSS feed. Gratos pela visita!

O poder de revolucionário da opinião pública e democrática foi potencializado pela internet e devolvido novamente a mão de cada um de nós pelas redes sociais.

Hoje nós somos consumidores de informação e ao mesmo tempo produtores. Saímos do lugar passivo de receptores para adotarmos uma atitude pró ativa. ( Prosumer)

Se empresas e corporações têm intrinsecamente na sua razão de ser o dever de suprir as necessidades das pessoas, as que não estiverem cumprindo seu papel a contento e não alinharem seus princípios a responsabilidade sócio-ambiental, talvez possam vir a ser varridas do mercado brevemente.

Umberto Eco no livro da década de 70, ” Viagem a Irrealidade Cotidiana ” , trouxe a luz uma interessante reflexão de não entender como as pessoas pagavam por um produto, onde a marca da empresa era de extrema evidência, resultando em propaganda gratuita para uma empresa.

Peter Druker, o pai do Management, em entrevista datada de 2001, falando sobre tendências, disse:

“No futuro o social será mais importante que as empresas.”

Se antes um disparo em TV impactava momentaneamente regiões com milhões de habitantes, hoje uma pessoa de forte representatividade ou de conteúdo relevante, pode impactar com um disparo no Twitter | Facebook | Blog, também milhões de pessoas. No twitter, Lady Gaga alcança 5,748,010 seguidores.

A diferença entre as mídias tradicionais e as sociais é a possibilidade de registro e ampla divulgação desse registro por longo espaço de tempo.

Portanto o caráter e o alcance da mídia de massa tradicional, hoje pode ser dividido com as redes sociais, onde qualquer um pode ser um pop star ou um ponto (nó ou nodo) de grande influência. Aí reside a revolução da web 2.0, colocou o poder nas suas mãos.

Além disso as redes sociais estão se transformando em plataforma de negócios, imprescindível na estratégia das empresas. (By Marcello Póvoa)

Se inspire, veja o que acontece pelo mundo e aqui no Brasil:

  • reclameaqui.com.br - Sistema de reclamações aberto a qualquer cidadão que preencha corretamente o cadastro no site. Sem qualquer custo a reclamação é publicada e um aviso é encaminhado via e-mail à parte reclamada, caso a empresa tenha seu Serviço de Atendimento ao Cliente Cadastrado no Reclame Aqui. As empresas poderão responder a qualquer momento, publicando assim a resposta à reclamação do cidadão, bastando apenas estarem cadastradas no site (totalmente GRATUITO)
  • privalia.com – Clube de compras online
  • avaaz.org – É uma nova rede de mobilização global com uma simples missão democrática: acabar com a brecha entre o mundo que nos temos, e o mundo que queremos. É organização que organiza, divulga, monitora e encaminha petições online. Encabeçou a campanha online da votação do porjeto Ficha Limpa.A tecnologia e a Internet permitiram que os cidadãos se conectem e se mobilizem como nunca visto antes. A ascensão de um novo modelo de democracia participativa, guiado pela sociedade civil através da Internet está mudando países da Austrália às Filipinas aos Estados Unidos.
    .
    Avaaz trouxe a tendência para a escala global, conectando pessoas além das fronteiras e trazendo uma nova voz para a política internacional que antes era inacessível para a população.
Related Posts with Thumbnails